PARA BLOGS

PARA BLOGS
LINKS ÚTEIS

GUIA SÃO PAULO

GUIA SÃO PAULO
GUIA SÃO PAULO

GUIA DEFINITIVO

GUIA DEFINITIVO
GUIA DEFINITIVO

Quando a gente faz o que ama, crescer não é algo tão difícil



A alguns dias, em uma roda de conversa com as minhas amigas comentei com elas que nós éramos o único grupo que ainda continuava junto desde a época do colégio. Percebendo isso, também paramos para analisar como cada uma havia crescido, como as rotinas haviam mudado, como mesmo com os dias corridos ainda encontrávamos tempo para rir e se jogar em um petit gateau no fim de semana. E principalmente, como nós estávamos fazendo aquilo que amávamos.

Se você ainda esta no colégio, vai entender o que eu estou dizendo um pouquinho mais pra frente, e se você não está pode ser que me entenda agora. Toda nossa infância passamos idealizando coisas que gostaríamos de ser quando crescemos, e mudamos isso centenas de vezes. Mas, quando você vai fazendo a transição de uma fase para outra, as ideias costumam a ganhar formas e as certezas começam a ser concretizadas. Desde meus doze anos de idade sempre quis cursar uma faculdade de moda. Sempre amei esse mundo e me identifiquei muito com ele. Como diz minha amiga "Você quer moda desde que o mundo é mundo" e na verdade, é bem isso mesmo. Mesmo sempre querendo moda, optei por seguir por uma área que realmente não tinha nada haver comigo. E por quê? Simples, porque por muito tempo eu esqueci quem eu era, abandonei meus valores e acabei indo para caminho mais fácil, cômodo e viável. Não é algo que eu me orgulhe em dizer, mas algo que eu sei que foi necessário para que eu pudesse estar onde estou hoje.

Foi então, em uma madrugada, fazendo uma planta em programa de computador que eu parei e me fiz a seguinte pergunta "Mas que p%$#@ você ta fazendo?" e como num conto de fadas (bem mal escrito) eu acordei e percebi que aquela não era a vida que eu queria.

Quando você faz o que ama fazer, nada é tão difícil. Afinal é amor, e amor não deve ser difícil. Nenhuma matéria é impossível de entender. As horas, fins de semanas e madrugadas acordada fazendo trabalhos, lendo livros ou estudando para a prova são tão prazerosas, que mesmo cansada, você ainda consegue sorrir. Ao mesmo tempo que bate o medo de ir para uma outra cidade sozinha e ficar longe dos amigos, familiares e lugares preferidos, também bate uma certa felicidade, um certo conforto em saber que você está indo atrás dos seus sonhos, e que agora ninguém mais pode impedi-lo de vive-los. Fazer o que se ama é se sentir orgulhosa qualquer conquista, por menor que ela seja. CONHECIMENTO, VIDA! Quando você faz o que ama, estudo se transforma nisso, em vida. É leve, sublime, é algo que te deixa feliz, que te faz ter friozinho na barriga só de pensar que você vai aprender mais sobre a vida daquela mulher que você sempre admirou. É amor.

"O que você quer não da dinheiro." "O que você quer não tem mercado de trabalho." se eu fosse ouvir cada pessoa que já me disse isso já teria deixado a ideia pra lá faz muito tempo. Não importa o quão difícil será. Não importa se você vive em uma cidade pequena e as coisas são mais escassas por ai. Não importa se a profissão que você quer pra sua vida seja "algo sem futuro" para a cabeça dos outros. É a sua vida! São suas escolhas e é seu caminho! Cabe a você decidir como vai querer segui-la. Essa coisa de "Fazer o que os seus pais sempre quiseram." ou "Fazer a mesma faculdade que seus pais." já ficou para trás faz muito tempo!

Se você ainda não tem certeza do que realmente quer, não tem problema nenhum em se dar um tempo. Em descobri no que você realmente é bom. Em perceber o que você realmente deseja, e não o que os outros imaginam para você. Se tem uma coisa que eu aprendi é que se moldar a imagem que os outros fazem de você é a mesma coisa que virar uma boneca. Sua essência esta em todas as suas dúvidas, nas suas incertezas, no seu tempo e nas suas decisões. Faça com que os outros se lembrem de você pelo que, no futuro, você se orgulhará em lembrar de como ralou para chegar até ali. Você está crescendo, e por mais assustador que isso possa parecer, as coisas podem ser mais leves, e a leveza só depende de você!

Nenhum comentário

Back to Top